Impactos da carne no meio ambiente

Impactos da carne no meio ambiente

É evidente a necessidade de sermos mais sustentáveis e transformar o planeta em um local onde encontraremos vida em abundância daqui alguns anos. Campanhas pró sustentabilidade já são realizadas há anos, reforçando as necessidades com relação ao consumo de água, consumo de plásticos únicos e a importância da reciclagem. Iremos falar mais sobre o Impactos da carne no meio ambiente.

Estes são fatores de extrema importância para que juntos, possamos ter vida na Terra e notamos o crescimento de iniciativas e empresas com este foco.

Além destas questões citadas, a alimentação tem um papel importante no meio ambiente. Não só mencionando sobre embalagens, logística reversa que devemos considerar, mas também compreendendo o processo de produção do produto a ser consumido.

Pouco se vê dentre tantas campanhas e iniciativas de sustentabilidade informações sobre o consumo de carne e os impactos no planeta, e por esta razão é importante trazermos essa reflexão e alguns dados para nortearem a nossa tomada de decisão.

Começando pela Amazônia, que é a maior floresta tropical do mundo, responsável por abrigar em torno de 50% da biodiversidade mundial. É reconhecida como um repositório de serviços ecológicos não apenas para quem habita, mas para todo o mundo.

Mesmo com tanta relevância, presenciamos queimadas e aquecimento global que impactam a regeneração dessa imensa floresta.

Segundo a ONU, 80% do desmatamento da Amazônia é causado pela pecuária, considerando áreas de pastagem e principalmente a monocultura de soja e milho, destinadas para alimentar animais considerados de consumo. Além de tanto desmatamento, essa prática degrada o solo, trazendo graves consequências para futuras gerações.

Um dia com uma alimentação sem nada de origem animal, contribuiu muito para o planeta. Vamos ver alguns impactos de apenas 24 horas de uma alimentação à base de plantas:

● deixa de emitir 14 kg de CO2, o que é o equivalente a 100 km rodados num carro comum;
● economiza 3.400 litros de água, o que equivale a 26 banhos de 15 minutos;
● 24m2 de terra para produção são poupados;
● 7 kg de grão, principalmente de soja, deixam de ser usados como ração animal.

Imagina impactar positivamente todos os dias?

Todos esses impactos nos mostram que a produção e consumo de carne tem um custo alto para a natureza. A produção de carne é responsável pela emissão de gases poluentes e acelera os efeitos do aquecimento global.

A agricultura utiliza aproximadamente 70% de toda a água potável do mundo. Além da água potável, há ainda uma questão com os oceanos, que estão cada vez mais ácidos. Em 2006, um estudo publicado na revista Science estimou que, no ritmo observado de perda de espécies, corremos o risco de nenhuma das espécies marinhas exploradas comercialmente sobreviver até 2050 em condições naturais.

Com tantos dados e informações, nota-se que as nossas escolhas alimentares são muito mais do que uma simples escolha pessoal. Nossa forma de viver tem impacto direto no nosso Planeta. Por isso, repensar e considerar tirar a carne do prato é urgente. Faça a sua parte para que possamos juntos, viver em um mundo melhor para todos.

*fontes:
ONU
Sociedade vegetariana brasileira
Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO)

SIGA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS

CONHEÇA NOSSOS EMBAIXADORES E ATLETAS VEGANOS, FEFEU & PAULINHA

SE INSCREVA NO CANAL DO YOUTUBE.

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK.

SIGA NOSSO INSTAGRAM.

Poste um comentário

Chame no WhatsApp